Apresentação

As Oficinas de Transferencia de Resultados de Investigación ( OTRI ) nasceram no final de 1988, como estruturas para promover e facilitar a cooperação em actividades de I & D entre investigadores e empresas , tanto a nível nacional como europeu. Anos mais tarde, por despacho de 16 de fevereiro , de 1996, publicado no BOE de 23 de fevereiro , foi-lhes atribuído o estatuto oficial com a criação de um registro oficial de OTRI na Comissão Interministerial de Ciência e Tecnologia.

As OTRI são intermediários no sistema ciência-tecnologia - empresa , e a sua missão consiste em dinamizar as relações entre os atores do sistema . Neste sentido as  OTRIs estão envolvidas na identificação das necessidades tecnológicas dos sectores socioeconómicos e na incentivação da transferência de tecnologia entre os sectores público e privado , contribuindo assim para a implementação e comercialização dos resultados da I & D gerados em universidades e centros públicos de  investigação.

A Oficina de Transferencia de Resultados de Investigación ( OTRI )  é um serviço da Universidade de Huelva ligado ao Vicerrectorado de Investigación y Transferencia, cuja missão é fazer com que as empresas e as instituições de Huelva sejam entidades cientificamente avançadas, promovendo uma estreita colaboração em actividades de investigação, desenvolvimento e inovação (I &D + i) entre os grupos de investigação da universidade e empresas e instituições, transferindo para estas tanto a tecnologia como os conhecimentos e resultados de investigação gerados pelos grupos de investigação da universidade.

Todo este processo é realizado sob a égide de determinados valores, entre os quais se destacam: o respeito, a tolerância, a transparência, a lealdade institucional, o pensamento crítico, a responsabilidade social e confidencialidade, promovendo a igualdade entre homens e mulheres. Através desses valores, a OTRI aspira a ser reconhecida como uma unidade que oferece um serviço profissional e especializado em transferência de tecnologia, com uma equipa estável e altamente qualificada, além de formada em gestão de tecnologia e inovação, e com uma gestão baseada:

  • No contato fluído e estável entre universidades e empresas .
  • No uso da tecnologia da informação e comunicação.
  • Na proteção dos resultados da investigação e sua exploração mediante licença ou  criação de empresas spin-off (novas criações empresariais resultantes da iniciativa de um membro da comunidade universitária , com base em trabalhos de investigação ) , como uma forma eficaz de utilização por parte da sociedade do conhecimento gerado .
  • Na negociação, tramitação e formalização de vários tipos de contratos de transferência: prestação de serviços , aconselhamento e apoio técnico , projetos de I & D .