Importações medIterrâneas em contextos «Pós-OrientalIzantes» do sul de Portugal (séculos VI-IV a.n.e.)

FrancIsco B. gomes

Resumen


Nos contextos da Idade do Ferro do interior do território baixo alentejano documenta-se um número considerável de elementos de importação relacionáveis com as redes de comércio mediterrâ- neas, presentes quer em contextos domésticos quer funerários, quer ainda religiosos. A análise destes elementos – amuletos egípcios, adornos de cor- nalina e pasta vítrea, recipientes de perfumes em cerâmica e vidro, cerâmicas gregas e contentores anfóricos – a partir de uma perspectiva contextual permite definir e caracterizar pautas de consumo diferenciadas que apontam para uma utilização destes elementos exógenos no quadro de práticas sociais de âmbito local. 


Palabras clave


Idade do Ferro «Pós-Orientalizante»; Baixo Alentejo; Importações mediterrâneas; Consumo; Comensalidade.

Texto completo:

PDF           Cómo citar un elemento


DOI: http://dx.doi.org/10.33776/onoba.v0i2.2407 ';



Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.

 


e-ISSN: 2340-4027.  -   ISSN: 2340-3047

Entidad editoraUniversidad de Huelva. Servicio de Publicaciones

Licencia de usoCreative Commons 4.0