Espaços e práticas funerárias nos campos da Lusitânia romana e tardo-antiga

André Carneiro, Mónica Rolo

Resumen


O mundo funerário na província da Lusitânia, e no Alto Alentejo em particular, apresenta significativos desequilíbrios, na maioria originadas pela falta de investigação específica sobre o tema. No entanto, conseguimos entrever um panorama de significativas continuidades, embora também com rupturas, na escolha dos locais e formas de tumulação, bem como na construção de uma geografia tumular na região.


Palabras clave


Lusitania; Mundo funerário romano; Antiguidade Tardia



DOI: http://dx.doi.org/10.33776/onoba.v7i0.3458 ';



Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.

 


e-ISSN: 2340-4027.  -   ISSN: 2340-3047

Entidad editoraUniversidad de Huelva. Servicio de Publicaciones

Licencia de usoCreative Commons 4.0